quarta-feira, 18 de outubro de 2017

O tesouro encantado

Um cavaleiro perdido
   Um dia um cavaleiro decidiu ir dar um passeio.
  Perdeu-se no deserto e estava muito preocupado, porque era o dia do cavaleiro real, uma festa a que não queria faltar. Ele não sabia, mas  no deserto vivia um cientista que gostava de estar sozinho.
  O cientista viu que alguém estava lá. Aproximou-se e começou a ouvir uns barulhos.
Como ele não gostava que ninguém estivesse no deserto pensou numa vingança e começou a construir uma poção que afastasse intrusos do seu local de experiências.

   O cavaleiro saltou do cavalo para ir à procura de alguém.
 
Um deserto de chuva
O cientista tinha acabado de fazer a poção mandou-a ao ar... e começou a cair uma chuva intensa.
O cavaleiro começou a estranhar porque nos desertos não chove. Então procurou um abrigo e encontrou uma gruta destapada com areia. Ao sair da gruta ainda a chover ele bateu com o pé numa coisa dura que parecia uma pedra. Pegou nela e levou-a para dentro e descobriu que afinal era um tesouro.
...um tesouro para o rei
Ficou triste porque não queria ficar com aquilo tudo e quando saísse dali jurou que o ia entregar ao rei.
Uma fada viu e ouviu tudo e fez com que o cientista fosse travado nas suas intenções e que o cavaleiro conseguisse sair dali.
A fada perguntou-lhe o nome e ele lá do fundo da gruta:

- Chamo-me LLuuuuuíssss!!!
O cientista muito zangado também gritou:
- Eu vou-me vingaarrrrrrr!!!

Escrito por Leonor Afonso

3 comentários:

  1. Parabéns pela iniciativa! Parabéns aos alunos! Vou acompanhar... e colaborar!

    ResponderEliminar
  2. A Leonor Afonso aluna do terceiro ano da Escola dos Penedos Altos Covilhã, criou uma narrativa, com princípio meio e fim,muito interessante. Parabéns para ela e para o seu mestre.

    ResponderEliminar
  3. Obrigado. A Leonor ainda vai melhorar mais a sua escrita.

    ResponderEliminar

Aprender a proteger a floresta

No dia 23 de novembro às 9:00h fomos à escola de São Domingos  ouvir os agentes da GNR falar s obre proteger a natureza no âmbito das com...